segunda-feira, 30 de agosto de 2010

DIA 24 DE AGOSTO - DIA INTERNACIONAL DA BELEZA


QUE NADA!

DIA 24 DE AGOSTO FOI O MEU ANIVERSÁRIO DE 30 ANOS!

GANHEI ALGUNS PRESENTES DAQUI, ALGUNS BEIJOS E ABRAÇOS DALI, UM ENVELOPE DA BANDINHA TURECK COM UM CHEQUE DE 40,00 REAIS DENTRO ASSINADO PELO MEU PAI... TADINHO DO MEU PAI...
SE ELE SOUBESSE QEU EU ESTOU JÁ QUERENDO PEDIR MAIS EMPRESTADO...

MAS DEIXANDO ESTAS COISAS DE LADO, ME APAVORA UM POUCO FAZER ANIVERSÁRIO A CADA ANO.
POIS MAIS UM ANO SE PASSA ONDE EU TENHO QUE MUITAS VEZES DEIXAR MEUS SONHOS DE LADO POR CAUSA DE UMA CRISE FINANCEIRA BRABA QUE SE ABATE SOBRE MINHA FAMÍLIA.
NÃO SEI QUANDO ISSO VAI SE RESOLVER, JÁ APELEI ATÉ PRA SANTO E OLHA QUE NÃO SOU LÁ MUITO CRENTE EM SANTO.

MAS ENFIM, TENHO MUITOS SONHOS A REALIZAR E CADA ANO QUE PASSA E NÃO OS REALIZO, FICO MAIS FRUSTRADA. EU QUERO FAZER TANTAS COISAS AINDA, DENTRE ELAS:

- GRADUAR-ME EM LETRAS
- ESCREVER VÁRIOS LIVROS
- PRA ISSO PRECISO COMPRAR UM COMPUTADOR
- DEPOIS QUERO FICAR FAMOSA COM MEUS LIVROS, E RESPEITADA.
- QUERO FAZER CURSO DE CANTO
- QUERO ME APRESENTAR EM CANTO LÍRICO E ÓPERAS (TEM QUE SER EM UM LUGAR SEM VIDRO E COM PESSOAS SEM ÓCULOS PORQUE VAI RACHAR MEU BEM!)
- QUERO APRENDER A FALAR E ESCREVER BEM EM ESPANHOL, FRANCES, ITALIANO, ALEMÃO
- QUERO COMPRAR UM FUSCA VERMELHO SANGUE
- QUERIA TER MAIS UM FILHO

ENFIM, TENHO MUITOS SONHOS A REALIZAR.... QUEM SABE SE EU CONSEGUIR COMEÇAR A PARTIR DE AGORA, ANO QUE VEM EU TENHA CONQUISTADO MUITOS DESTES.

E PRA TERMINAR O POST SOBRE MEU ANIVERSÁRIO, QUE EU NÃO GOSTO DE LEMBRAR E ATÉ NEM FICO BRAVA SE OS OUTROS NÃO LEMBREM, VOU COLOCAR UMA FIGURINHA BONITINHA NO COMEÇO PRA DAR MAIS ALEGRIA.

BEIJOS A TODOS QUE SÃO MEUS AMIGOS E ME QUEREM BEM!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

CECÍLIA MEIRELES


Ultimamente não tenho lido muito autores brasileiros.
Lia mais quando era criança e pegava livros emprestados na biblioteca da escola. Lia Pedro Bandeira, Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Mario Quintana, Monteiro Lobato, Werner Zotz (a casa em que ele viveu em Rio Negrinho foi reformada para se tornar o restaurante Tauscheck, da minha mãe em sociedade com minha tia), Rachel de Queiroz, Ana Maria Machado, Dalton Trevisan, Fernando Sabino, Lya Luft, Mário Prata, Ruth Rocha e a lista vai se estendendo.

Mas a autora de quem me lembro mais pois adorava seus livros, principalmente de poesia, era Cecília Meireles. (biografia em : http://pt.wikipedia.org/wiki/Cec%C3%ADlia_Meireles)

Há muito tempo que não leio obras dela, mas lembro bem do deleite que sentia ao absorver cada palavra tentando sentir o que ela sentiu ao escrevê-las, as emoções que a levaram a cada frase, cada ponto e vírgula, cada mensagem.

Por isso, como homenagem a ela, hoje posto duas de suas poesias, umas das minhas preferidas:


Motivo (Cecília Meireles)

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem triste:
sou poeta.
Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritmada.
E sei que um dia estarei mudo:
- mais nada

Inscrição na Areia

O meu amor não tem
importância nenhuma.
Não tem o peso nem
de uma rosa de espuma!

Desfolha-se por quem?
Para quem se perfuma?

O meu amor não tem
importância nenhuma.

Cecília Meireles