terça-feira, 26 de junho de 2012

Belle Epoque - La Belle Otero


Olááá meninada!!!!

Vocês já ouviram falar de La Belle Otero???
É o seguinte, ela é simplesmente uma das primeiras divas do mundo pós-invenção-da-fotografia.
Com certeza existiram muitas divas ou musas antes dela, mas La Belle Otero é provavelmente a primeira estrela de cinema no mundo.

La Belle Otero é a personagem que Agustina Otero Iglesias, também conhecida como Caroline, inventou para se tornar uma estrela, uma musa, uma diva, e assim, sobreviver em um mundo muito cruel para as mulheres.



Com a sua beleza, seu jeito cigano e maroto, sua dança sensual (mais intuitiva do que técnica), La Belle Otero superou uma infancia pobre e cheia de traumas (ela foi estuprada aos 10 anos, o que resultou em sua esterilidade, não quero nem imaginar de que forma isso aconteceu), para brilhar em Paris como atriz, dançarina, cortesã (um termo mais gentil para garota de programa de luxo), e ficar rica, muito rica!!!! Mmmmmmmmmmmmmmmmhuahuahauahuahauhauahauhauahuahauahuahua!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Infelizmente, ela perdeu quase tudo na jogatina, e morreu pobre, reclusa e esquecida em 1965.
Dizem que passou a velhice relembrando os tempos dourados do passado.





Contam as lendas que seu olhos escuros eram tão intensos que era impossível não ficar hipnotizado por eles. Outros contam que as duas cúpulas do hotel Carlton foram feitas em homenagem aos seus seios.




Ela tinha muitos fãs e amantes ilustres, dentre eles, segundo ela se gabava, estão: Príncipe Albert I de Monaco, Rei Eduardo VII do Reino Unido, e outros reis Sérvios, Espanhóis e Russos. Também são citados o Czar Nicholas da Rússia, o Gran Duque Peter, o duque de Westminster e o escritor Gabrielle D'Annunzio.

Muitas mulheres famosas ou notáveis na época morriam de inveja dela.



Ela sabia encantar e hipnotizar os homens, apresentando-se como uma "Cigana da Andaluzia", mas acho até que todo esse poder e carisma era devido á sua inteligencia e perspicácia e uma boa dose de marketing do que pela beleza, que eu pessoalmente acho bastante comum, mas sem ofensas; ela realmente tem um rosto doce e encantador.



É notadamente conhecida também a história sobre ao menos um ex-amante de La Belle que cometeu suicídio após ela terminar o relacionamento com ele (outras fontes dizem que foram 6!), e sobre um suposto duelo entre dois cavalheiros pelo seu amor.



La Belle Otero tinha o poder nas mãos e no corpo, e o usou com muita sabedoria para subir na vida. Ela correu o mundo com suas apresentações, e os salões ficavam lotados de homens jovens ávidos para ver a bela ciganinha.

Para ler mais, acesse: http://lockkeeper.com/short/otero/otero.htm

"Arruina-me, mas não me abandones!", é uma frase atribuída a um dos inúmeros cavalheiros que La Belle Otero seduziu.

Mais histórias sobre ela em: http://historianovest.blogspot.com.br/2010/02/la-belle-otero-amante-da-realeza.html
e http://thefindesiecle.com/page/81

Este último mostra outras divas contemporaneas á La Belle, mas não tão notórias quanto.



Digitei no google e encontrei muitas fotos de Caroline, mas algumas que são atribuídas a ela podem ser de suas colegas que trabalharam também na casa Follies Bergére em Paris. Algumas são muito parecidas com ela, como sua maior rival Liane de Pougy, mas isso se deve á maneira como as mulheres se maquiavam, usavam os cabelos e posavam para as fotos na época, sempre com a intenção de dar um ar de inocencia. Mas os olhos e formato do rosto de Caroline são inconfundíveis.



Achei no youtube o filme dela em ação!!!!!!!

http://www.youtube.com/watch?v=aVi8Pf1s_eU

Nossa, fiquei arrepiada! Mas que dança doida, hahahaha!

Mais biografias: http://www.brasilcult.pro.br/teatro/painel17.htm



http://halloftheblackdragon.com/reel/1022/hotties-of-history-carolina-la-belle-otero.html


http://maggiemcneill.wordpress.com/2012/03/30/la-belle-otero/

http://www.youtube.com/watch?v=ZuZZN1Mk16k&feature=related (La Belle Otero cantando!!!!!)

Espero que tenham gostado!
Eu já havia trombado com ela algumas vezes pesquisando sobre a Belle Époque, mas não havia prestado atenção. Vocês devem ter notado que em alguns posts coloquei fotos de Musidora, Pina Menichelli e Theda Bara, musas do cinema mudo. Mas só prestei atenção e decidi conhecer melhor Caroline após ler uma resenha na Superinteressante.
Realmente me encantei com La Belle Otero, fico até grata pela internet ter tanto material a respeito dessa verdadeira musa, diva, heroína, ou seja o que for, uma fada, uma flor em meio aos espinhos, com uma grande história.
Como um dos blogs pesquisados mencionou: gone, but not forgotten. NEVER.

Nenhum comentário: