sexta-feira, 29 de junho de 2012

ESTILISTAS DA BELLE ÉPOQUE - Rouff e Jeanne Paquin


Oi crianças...
Não estranhem se esse post ficar meio esquisito. Eu honestamente não acho muito prático o novo layout de edição do blogspot... mas se diz que é pra mudar, então mudemos!

Hoje eu iria falar sobre o/a estilista ou maison Rouff, mas como comecei a pesquisar sobre Rouff e o negócio ficou meio problemático, vamos falar também de Jeanne Paquin que dizem, foi aprendiz na maison Rouff até abrir a sua própria.

Esse site tem até fotos de o que parece ser um vestido de casamento da Rouff:

Pesquisando, achei o seguinte artigo com boas fotos no Caderno de Moda: http://cadernodemoda.blogspot.com.br/2011/08/maison-rouff.html

No google images foi um desespero, esparsas imagens, que pobreza... mas garimpando a gente sempre acha alguma coisinha, como esse site com fotos de excelente qualidade de artigos muito bem conservados:
http://www.vintagetextile.com/new_page_675.htm



Como dito no Caderno de Moda, existiram duas maisons, a Rouff, e a Maggy Rouff.
O mais provável é que estejamos atrás de Rouff simplesmente, porque as roupas que nos interessam foram fabricadas muito antes de Maggy nascer, já que conforme o blog Memoria Vintage apontou, a época de ouro do Rouff tenha sido em 1884.

Capa de veludo da casa Rouff, em perfeito estado de conservação, provavelmente desde 1890.



Como vocês podem ver, o material sobre La Maison Rouff é bastante escasso, e bastante confundido com Maggy Rouff.

Head to Toe Fashion Art, os autores tentam até mesmo estabelecer uma conexão entre La Maison Rouff e Maggy Rouff...

Podemos ver no final do cartão a palavra Maison Rouff... esse vestido é provavelmente de 1906 e Maggy nasceu em 1896.

Por isso é que os dois trabalhos se confundem e se misturam, na internet fica muito difícil encontrar material especificamente da Casa Rouff, mas pelo pouco que podemos ver, a Maison segue muito a tendência da época, na minha opinião, não trazendo muitas novidades além do que Jacques Doucet e outros estilistas já estavam fazendo, embora tenhamos que admitir que, mesmo sem grandes novidades, o estilo continua impecável, com detalhes arrebatadores, a costura sempre muito caprichada, as formas  e os tecidos sempre muito bem escolhidos e trabalhados.
Sempre muito luxo, muita sofisiticação em bordados, pedrarias, babados, rendas, apliques, drapeados, etc.



Mais um blog bom com fotos de roupas da Era Eduardiana: http://defunctfashion.tumblr.com/page/61
sendo as fotos abaixo creditadas a Rouff.

 

Este vestido é muito parecido com o que abre o post, mas parece mais desgastado e descolorido, mesmo a cor é um pouco diferente nesta espécie de peitoral. Adorei o estilo do sobre-vestido, a escolha dos babados e rendas e o trabalho de drapeado feito nas mangas, extremamente romantico.





Este outro tem as mangas pagode que foram mais tarde reintroduzidas em um novo conceito pela Schiaparelli, adorei as rendas caindo em degrade só numa lateral.


Este aqui segundo consta é um vestido de casamento... não sei porque me lembra muito algo que uma personagem de Jane Austen vestiria, adorei os drapeados e a forma como a "manga" cai e é presa nas costas.














Neste outro trabalho, notem como a parte de trás é muito bem trabalhada, pra se usar em uma época em que os homens só podiam imaginar como era o bumbum das damas, e se não dava nem pra ter um mero vislumbre, ao menos teriam uma bela imagem pra ver enquanto a dama passava por eles:




















Agora, vamos falar de Jeanne Paquin, que passou pela Rouff onde aprendeu muitas coisas para depois abrir sua própria Maison.




Conforme consta, fazia roupas de design inovador para a época, bem como se utilizava de recursos também inovadores para a época para divulgar sua maison, como organizar desfiles com suas roupas bem como enviar modelos para corridas e óperas para divulgar o seu design.
Paquin era também decoradora de casas, atividade na qual sua reputação se sobressaía.






http://headtotoefashionart.com/jeanne-paquin-1869-1936/
Finalmente uma biografia com foto de verdade de Mme Paquin.










Olha como era a modelagem dos casacos:












Olha que site interessante com fotos de coleções de diversas épocas http://www.kci.or.jp/archives/digital_archives/collection_1910s_e.html



Bom, por hoje é só pessoal, espero que tenham gostado dos modelitos. Esse abaixo parece muito com um traje visto no filme Titanic.

e não se esqueçam de explorar mais sites que eu já citei aqui, como o Caderno de Moda, o Memória Vintage, o Metropolitam Museum of Art, o Madame Guillotine, etc.
O passeio vale á pena.
Beijos,
Marie



2 comentários:

Mom (Míriam) disse...

Obrigada, querida, pelos elogios ao meu Caderno de Moda! Beijos grandes!

Mom (Míriam) disse...

Acabei de achar um site mais elucidativo sobre o tema:
http://headtotoefashionart.com/maggy-rouff-1896-1971-1/