terça-feira, 6 de novembro de 2012

DIA DE LAS BRUJAS

Oláááá Pessoas

Um pouco tarde pra isso, mas como no dia certo não deu tempo, vou postar hoje um pouco sobre o Dia das Bruxas, que eu e a minha amiga Rosane AMAMOS!!!

Eu acho que, na boa, dia das Bruxas é uma data feliz e mágica...
O dia do Halloween, as sexta-feira 13, ainda mais se forem coroados com uma noite brilhosa de lua cheia, são dias em que sentimos um certo maravilhamento a mais frente ás forças femininas, poderosas, mágicas e extraordinárias da Natureza e do Universo. São dias de poder, são dias de sedução, são dias em que os crentes e os incrédulos devem temer, hehehehe porque as bruxas de verdade, essas verdadeiras obras primas da Divindade, estão á solta e estão com o poder á toda meu bem...



Faltam-me palavras no momento, perdoem-me a tosquisse... hoje não estou inspirada, mas essa data vale á pena guardar com carinho pra quem é estranha como eu... legal mesmo seria se acontecesse o halloween de verdade, onde os mortos, ou os espíritos saem das tumbas pra assombrar a turma...mmhuhauahuahauhauhauahua



Mas vamos ás suas origens e história, como ensina a wikipedia:
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas

O Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa e pronuncia-se: Reino Unido /hæləʊˈiːn/ ; Estados Unidos/hæloʊˈiːn/[1] ) é um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos (não existem referências de onde surgiram essas celebrações).[2][3][4]


Etimologia

O primeiro registos do termo "Halloween" é de cerca 1745. Derivou da contracção do termo escocês "Allhallow-even" (véspera de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. [5]
Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome actual da festa: Hallow EveningHallowe'enHalloween. Rapidamente se conclui que o termo "Dia das bruxas" não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.
Outra hipótese é que a Igreja Católica tenha tentado eliminar a festa pagã do Samhain instituindo restrições na véspera do Dia de Todos os Santos. Este dia seria conhecido nos países de língua inglesa como All Hallows' Eve.
Essa designação se perpetuou e a comemoração do halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica.


História


Um cartão comemorativo do Halloween.
A origem do halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às atuais abóboras ou da famosa frase "Gostosuras ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente "fim do verão").
A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:

 

 

Origem Pagã

A origem pagã tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos. A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) acabou mesclando a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou minguando com o tempo. Em fins do século II, com a evangelização desses territórios, a religião dos Celtas, chamada druidismo, já tinha desaparecido na maioria das comunidades. Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de geração para geração. Sabe-se que as festividades do Samhain eram celebradas muito possivelmente entre os dias 5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de verão e o solstício de inverno). Eram precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, e davam ao ano novo celta. A "festa dos mortos" era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para os cristãos seriam "o céu e a terra" (conceitos que só chegaram com o cristianismo). Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. A festa era celebrada com galinhas presididos pelos sacerdotes druidas, que atuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.



Bom, se quiserem pesquisar mais a fundo, sugiro que se utilizem de uma importante e muito útil ferramenta de pesquisa chamada Google...

Achei mais um site bem legal sobre o assunto, cujo nome praticamente define a minha alma:
http://oddandstrange.blogspot.com.br/2012/10/halloween-fun-facts.html

Enfim, tem muito material na net...



Mas o que realmente importa, e o que eu quero dizer aqui é: parem de condenar a festa de Halloween...
Muita gente condena e fala que isso é coisa do demo, e que Deus não quer que a gente comemore o Halloween... mas eu acho o seguinte: NÃO HÁ COISA ALGUMA NESSE MUNDO QUE NÃO SEJA DE DEUS... NESTE E NO OUTRO MUNDO.
Não há nada que se faça nessa vida, que não seja considerada coisa Divina, a não ser claro, os crimes e os pecados, que são coisas de homens e mulheres sem valor...
O que seriam das coisas malditas se não houvessem pessoas que as amassem?
A festa do Halloween tem origens muito antigas e muito nobres: ou eram festas para se comemorar as colheitas ou festas para celebrar a memória dos que se foram...
E não há coisa mais bonita do que celebrar a vida e a morte...



Ah, e todos os símbolos do Halloween tidos como malditos são invenção de gente que se prestava a propagar o mal sobre a Terra, veja bem, porque: as bruxas eram na verdade as curandeiras que salvavam pessoas através de seu conhecimento da natureza, as aranhas, os sapos, os morcegos, os lindos gatos pretos são criaturas de Deus, o pentagrama é um símbolo muito antigo do divino, os vampiros e lobisomens são seres lendários que nos fazem questionar sobre a mortalidade e a bestialidade humanas e por aí vai.
Tudo é muito maravilhoso e fantástico e surgiu da nossa imaginação fértil e da nossa necessidade de sempre estar enfrentando e superando os nossos medos.



E dizem que o medo faz tão bem para o espírito como o banho para o corpo...



Então é por isso que eu adoro o Halloween, é mais uma data mística onde posso comemorar os mistérios da vida e da morte, e a magia que está dentro de cada um que foi dada a todos por Deus... a magia de amar, de se doar e de criar a vida.

Beijos a todos!
MJ



Agora fiquem com esta linda oração que pesquei em: http://jornale.com.br/wicca/

Oração da Bruxa

By Aislin Ganesha | maio 5, 2010

A lei mais elevada é agora o ensinamento.
Cuida bem dos seus atos, palavras e pensamentos.
Muitos seres podem ouvir, e espíritos, saber
a maldade que você tanto procura esconder.
Então gire a roda do ano; deixe o tempo passar,
viva cheio de amor e não deixe o medo imperar.
Essa antiga sabedoria eu transmito e vou além:
” Faça o que quiser, mas não prejudique ninguém.”
Tenha cautela igualmente com a segunda lei,
pois tudo o que vai volta, isso é o bem sei.
A roda continua girando, três vezes vai girar,
ninguém pode enganá-la ou dela algo ocultar.
Busque a harmonia, o equilíbrio e a auto-estima,
pois como é embaixo, é assim também em cima.
Deixe brilhar a sua luz interior e que todo mundo a veja,
se é isso o que você quer, então que assim seja!




PS: Mais dois sites que valem á pena ser explorados por nós aprendizes:


http://www.magiazen.com.br

http://casadabruxajadefenix.blogspot.com.br

Nenhum comentário: