segunda-feira, 26 de novembro de 2012

OS SUMÉRIOS



Olá piazada

E vam'bora lá falar agora dos Sumérios.
Bom, depois de muito ler, de pesquisar na Bíblia, revistas, televisão, internet, discutir dúvidas e escavar respostas duvidosas... vamos ler finalmente sobre um assunto que faz anos que meu pai está tentando me fazer pesquisar: Os Sumérios...



Resumindo toda a conversa louca e aparentemente sem sentido que sempre tenho com ele e outras pessoas: meu pai me aponta que os conhecimentos deixados pelos Sumérios são um ponto chave na busca para descobrir de onde viemos. O mais estranho é que os Sumérios, como outras culturas, parecem ter aparecido e desaparecido "de repente" da face da Terra, como se num determinado instante da história da humanidade uma chama de conhecimento tivesse se acendido na cabeça das pessoas, eles tenham construído uma civilização incrível e sumisse no nada e no tempo...


E o que parece que a Bíblia é quase toda, pelo menos os primeiros livros, baseada na mitologia suméria...

Vamos lá!

Veja na wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sum%C3%A9ria

A Suméria (na Bíblia, Sinar; egípcio Sangar; ki-en-gir na língua nativa), geralmente considerada a civilização mais antiga da humanidade, localizava-se na parte sul da Mesopotâmia (apesar disto os proto-sumérios surgiram no Norte da Mesopotamia, no atual Curdistão, tal como não eram originalmente semitas, mas sim invadidos por eles via sul proto-árabe), apropriadamente posicionada em terrenos conhecidos por sua fertilidade, entre os rios Tigre e Eufrates. Evidências arqueológicas datam o início da civilização suméria em meados do quarto milénio a.C. Entre 3500 e 3000 a.C. houve um florescimento cultural, e a Suméria exerceu influência sobre as áreas circunvizinhas, culminando na dinastia de Ágade, fundada em aproximadamente 2340 a.C. por Sargão I, sendo que este, ao que tudo indica, seria de etnia e língua semitas. Depois de 2000 a.C. a Suméria entrou em declínio, sendo absorvida pela Babilônia e pela Assíria.


Já leu tudo o que está lá na wikipédia? Agora vamos aos blogs 'estranhos' sobre o assunto:


Vejam no desenho acima o que parece ser uma representação do sistema solar com 11 planetas... retirado de: http://gaianovaera.blogspot.com.br/2010/07/ciencia-sumeria.html

Mais em: http://www.ufotvonline.com.br/arquivo-noticias/6-ciencia/18-os-sumerios-e-o-12-planeta.html

Mais em: http://oestranhocurioso.blogspot.com.br/2010/03/os-sumerios.html

e http://www.historiadomundo.com.br/sumeria/sumerios.htm

http://lambaritalia.blogspot.com.br/2011/04/astronomia-sumeria-e-os-extraterrestres.html

Foto de um artefato arqueológico supostamente sumério que se parece com uma nave espacial ou foguete da Terra.

 http://extraterrestresmyblog.wordpress.com/category/deus-enki-dos-sumerios-estaria-simbolizado-em-agroglifo-da-italia/

https://sites.google.com/site/oprofetamundial2/a-origem-extraterrestre-da-humanidade---a-verdade-sobre-a-origem-do-homem-na-terra

Foto de uma estátua supostamente suméria que se assemelha a um astronauta, mas poderia ser de qualquer civilização antiga que seria igualmente impressionante.

Pra quem não teve tempo nem vontade de ler todos os links postados, muito menos a wikipédia, vou apenas resumir o que precisamos compartilhar: observando artefatos, textos, restos históricos de muitas civilizações antigas e misteriosas, nós ficamos extremamente desconfiados de que estas civilizações tiveram contato com seres de outros planetas, dado a semelhança de suas estátuas e artefatos com atuais astronautas, naves, e com descrições de seres de outros planetas.

Encontrei no facebook e no blogspot uma garota chamada Cibele que faz vários questionamentos importantes e compartilha trechos de livros e entrevistas que são importantes para quem se faz esse tipo de questionamento ir reunindo informações vitais e reveladoras, a saber:

Universo Reticente

e www.facebook.com/VestigiosdoDesconhecido

Questionamentos sobre os textos sumérios: http://www.recantodasletras.com.br/artigos/3052484

Enfim, na internet há uma infinidade de textos abordando várias facetas da civilização Suméria. Eu gostaria de poder publicar aqui algo de valor científico esotérico, ou uma das duas coisas, mas não sei porque escrever este texto especificamente está me cansando tanto? Algo me diz também que devemos ler os livros O 12º Planeta e Eram os Deuses Astronautas?

Por que acho isso? Porque por acaso achei uma pessoa no Facebook que parece ter lido esses livros e compartilha muitas informações vitais para a minha pesquisa, a saber, algumas delas:

A fonte é a página do Facebook "Vestígios do Desconhecido", achei mais fácil copiar aqui o que está sendo compartilhado do que continuar escarafunchando fontes incertas... (as imagens foram pescadas no google, mesmo e retratam diversos artefatos arqueológicos curiosos de diversas culturas antigas com um possível mistério em comum)... e abaixo, a Terra vista da Lua.



Por que chamamos nosso planeta de Terra?
Em alemão, a palavra é Erde, originada de Erda no alemão clássico; na Islândia ela é Fördh e na Dinamarca Ford. Erthe no inglês medieval e Airtha em gótico; se nos deslocarmos geograficamente e recuarmos no tempo, encontraremos Ereds ou Aratha em aramaico, Erd ou Ertz em curdo e Eretz em hebraico. O que hoje chamamos mar Arábico, isto é, a extensão de água

que leva ao golfo Pérsico, na Antiguidade era o mar de Eritréia e até hoje ordu significa em persa um acampamento ou povoado. Por quê?
A resposta é encontrada nos textos sumérios que relatam a chegada do primeiro grupo dos Anunnaki/Nefilim à Terra. Vieram cinqüenta liderados por E.A ("cuja casa é água"), um grande cientista, filho primogênito de ANU, o soberano de Nibiru. Eles atravessaram o mar Arábico e alcançaram os limites dos pântanos que mais tarde, com o aquecimento posterior do clima, se tornariam o golfo Pérsico. Estabeleceram na parte superior dos pântanos o primeiro acampamento do novo planeta e o chamaram E.RI.DU ("casa na distância"), um no-me bem apropriado.
Assim, com o passar do tempo, todo o planeta em que os Anunnaki/Nefilim se estabeleceram passou a ter o nome desse primeiro acampamento - Erde, Erthe, Earth. Até hoje, quando falamos de nosso planeta, invocamos em várias línguas a memória do primeiro povoado na Terra; sem saber, lembramo-nos de Eridu e homenageamos o primeiro grupo dos Anunnaki que aqui se fixou.

Zecharia Sitchin - O Gênesis Revisitado
 Dica de leitura pertinente:
"Não leia, o leitor, este livro, como se fora mais uma ficção científica. Não confunda as categorias em que se dividem os livros que, de uma forma ou outra, se relacionam com os campos científicos. Há três gra
ndes espécies de livros ligados a esta esfera: livro de Ciência (ciência consagrada, ciência feita, ciência ortodoxa, ciência adotada), livros de ficção científica (exploração sistemática do possível, invenção livre circunscrita aos cânones não da Fabulística, mas da Futurologia) e livros de especulação científica (estudos e indagações teóricas em torno do discutível ou inexplicado no âmbito da ciência oficialmente instituída como tal).
A especulação científica não é contrária à Ciência; muito menos pretende tomar lhe o lugar. Mas também não se submete servil mente a postulados "consagrados"; isto seria frontalmente contrário à natureza da atitude especulativa, além de que a Ciência, por mais ortodoxa que seja, vez por outra é forçada a substituir seus próprios conceitos, até então considerados inabaláveis e definitivos. O livro de Däniken pertence à categoria das obras especulativas. Ainda não é, nem pretende ser "ciência". Mas é visando ao progresso da Ciência que se atira com entusiasmo às mais arrojadas especulações."

(PROFESSOR FLÁVIO A. PEREIRA - Apresentação de "Eram dos deuses astronautas? - Erich von Däniken)

Link para baixar o livro (PDF) "Eram os deuses astronautas?:
http://ebookbrowse.com/eram-os-deuses-astronautas-erich-von-daniken-pdf-d93405467
O aparecimento do homem moderno a uns meros 700.000 anos antes do Homo erectus e cerca de 200.000 anos antes do Homem de Neanderthal é absolutamente impensável. É também claro que o Homo sapiens representa um ponto de partida tão extremo do
lento processo evolucionário que muitas de nossas capacidades, tal como a capacidade de falar, não têm nenhuma conexão com os primatas mais remotos.
Uma eminente autoridade no tema, o prof. Theodosius Dobzhansky
(Mankind Evolving) [Humanidade em Evolução], ficou particularmente
intrigada pelo fato de este desenvolvimento ter acontecido durante um período em que a Terra passava por uma idade do gelo, período pouco propício a progressos na evolução. Salientando que ao Homo sapiens faltam por completo algumas das peculiaridades dos tipos até aí conhecidos e aparecem algumas que nunca ocorreram, o professor conclui: "O homem moderno tem muitos fósseis, parentes colaterais, mas nenhum progenitor: sua origem, como Homo sapiens, torna-se, assim, um quebra-cabeça". Como é, então, que os antecessores do homem moderno aparecem há uns 300.000 anos, em vez de aparecerem há 2 milhões ou 3 milhões de anos no futuro, seguindo um ulterior processo evolucionário? Fomos importados para
a Terra de algum ponto, ou teremos sido, como atesta o Antigo Testamento e outras fontes antigas, criados por deuses?
Sabemos agora onde começou a evolução e como se desenvolveu, uma vez começada. A pergunta por responder é esta: - Por que, por que é que a civilização aconteceu realmente? Porque agora, tal como a maior parte dos eruditos reconhece, ainda que com frustração, se somarmos todos os dados, vemos que o homem deveria ainda viver sem civilização. Não há razão óbvia para que sejamos nem um pouco mais civilizados do que as tribos primitivas das selvas amazônicas ou das regiões inacessíveis da Nova Guiné.

Zecharia Sitchin ( O Décimo segundo planeta)



"Os textos sumérios declaram repetidas vezes que os ANUNNAKI saíram de Nibiru para vir à Terra". O termo Anunnaki significa literalmente "os que vieram do céu à Terra". São citados na Bíblia como os Anakim e no Capítulo 6 do Gênesis também
são chamados de Nefilim, que em hebreu significa a mesma coisa: "os que desceram do céu à Terra".
Os sumérios explicam - como se antecipassem algumas de nossas perguntas - que aprenderam tudo o que sabiam dos Anunnaki. O conhecimento avançado que encontramos nos textos sumérios é efetivamente o que os Anunnaki possuíam quando vieram de Nibiru; sua civilização devia ser muito avançada, porque pelo que depreendi dos textos sumérios, os Anunnaki chegaram à Terra há cerca de 445 mil anos. Nesse tempo distante eles já sabiam viajar pelo espaço. Sua enorme órbita elíptica fazia um grande laço - esta é a tradução exata do texto sumério - à volta de todos os planetas exteriores, atuando como um observatório em movimento de onde eles podiam investigar todos os planetas. Assim, não é de admirar que o que estamos descobrindo já fosse conhecido no tempo dos sumérios.”
Zecharia Sitchin em "O 12º. Planeta"

Quando as imagens de Urano cresceram nas telas de televisão com a aproximação da Voyager 2 do planeta, o medidor do JPL chamou a atenção para uma rara cor verde-azulada. Não pude deixar de exclamar: “Meu Deus, é exatamente como os sumérios o descreveram!” Corri ao meu escritório e apanhei um exemplar de O 12º Planeta. Com as mãos trêmulas, achei a página, li e reli as citações dos textos antigos. Sim, não havia dúvida: apesar de não possuírem telescópio, os sumérios descreveram Urano como MASH.SIG, um termo traduzido por “radiante vida esverdeada”.
Zecharia Sitchin em “Gênesis Revisitado”
Lá tem muito mais fatos estranhos relacionados aos Sumérios, e outras civilizações que teriam supostamente entrado em contato com o povo do "Céu".
O blog da dona da página no facebook é este: http://universoreticente.blogspot.com.br/
Para ler e refletir...

Beijos,
MJ
 

3 comentários:

ROSE OLIVEIRA disse...

oi Marie minha querida amei seu post a parada que dou aqui sempre me acrescenta algo...uma semana maravilhosa

http://blogtopodendo.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Olá, gostei da informação, estou lendo O 12 Planeta (Zecharia Sitchin) e agora estou sabendo dos outros livros, estou endo também O Continente Perdido de Mu (James Churchward) e trata sobre em forma geral do início da humanidade na terra proveniente desde Continente tem muita informação com referencia a muitas tabuinhas na centro américa que explicam...estou achando quase uma relação entre as duas vertentes, uma descrita em base a historia Suméria e a outra em Base a MU e sus diversas culturas geradas no continente americano (Maias, Tiahuanaco, Chanca, Carianos), espero se interessem. Abraços.

Dr rashidi Abdul disse...

real witchcraft magic www.rashidinativehealer.com